sexta-feira, 5 de janeiro de 2007

Liderança e insucesso

"Há crianças tornadas falhadas pelas nossas escolas, em parte como consequência da fraca preparação dos líderes escolares." Quem o escreve é John Norton (2002) num texto intitulado "Preparando líderes escolares: É tempo de encarar os factos", publicado sob os auspícios de uma importante organização educativa dos Estados Unidos da América, o Southern Regional Education Board, com sede em Atlanta (www.sreb.org/).
Uma outra ideia forte no mesmo texto - "As escolas devem ter directores que comecem a preocupar-se com a melhoria dos resultados escolares dos alunos desde o seu primeiro dia em funções."
Esta concepção de liderança escolar nada tem a ver com a que domina em Portugal, onde um director/presidente do conselho executivo é concebido, essencialmente, como alguém que pilota a escola no sentido de assegurar que o rumo não se afasta da conformidade com os normativos estabelecidos. Quantos responsáveis escolares se sentirão culpados pelo insucesso dos alunos das escolas que dirigem? E alguém se incomoda com isso? Aqui está um ponto a merecer reflexão urgente.