terça-feira, 6 de fevereiro de 2007

A hecatombe do secundário

Os números são mais ou menos conhecidos, mas vale a pena insistir em falar deles e talvez se justificasse afixá-los à porta de todas as escolas secundárias para que ninguém os esquecesse e tentasse superá-los, dia a dia.
Só 60% dos alunos em idade de frequentar o ensino secundário estavam integrados neste nível de ensino em 2004/2005, último ano com estatísticas disponíveis. Os restantes 40%, ou ainda não tinham acabado o básico ou saíram do sistema sem mais qualificações.
Dos que frequentavam o ensino secundário no mesmo ano, 50.8% ou chumbaram ou desistiram.
Estes números envergonham-nos como cidadãos e agridem-nos enquanto professores. Que andamos a fazer dos nossos jovens, se não conseguimos dar-lhes uma educação/escolarização adequadas? E ano após ano as coisas vão piorando e muitos encolhem os ombros como se de uma maldição se tratasse. Até quando vamos permitir isto?