domingo, 8 de abril de 2007

Foi você que pediu um diploma da UNI?

Quem diria que o PM seria apanhado numa curva tão apertada por causa de um diploma de licenciatura?
Parece que está tudo suspenso das declarações que Sócrates vai fazer. Mas admitir que Sócrates tem alguma coisa de relevante para dizer é já suspeitar que houve manipulação com a sua conivência.
A quem compete falar é à Independente (se ainda existir), ao Ministério da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior, que tem a tutela da matéria, ou à Procuradoria Geral da República.
Quando numa escola se suspeita de trafulhice com uma nota ou um diploma, não se pede ao interessado para explicar, deve ser a direcção, e caso a resposta não seja suficiente, a Inspecção ou o Ministério Público, consoante os casos, têm de investigar e esclarecer cabalmente a situação. Porque é que agora há-de ser diferente?
Fale Sócrates o que falar ficará sempre a suspeita, e a melhor forma de se livrar dela é que alguém com autoridade e independência dê ao País as explicações que se exigem.