quinta-feira, 14 de junho de 2007

Universidade em rede

A Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP), que engloba estabelecimentos de ensino superior de todos os países lusófonos, realizou o seu XVII Encontro em Cabo Verde, entre os passados dias 11 a 13, tendo como ideia de fundo "a universidade em rede".
O tema não podia vir mais a propósito, uma vez que acaba de ser criada a Universidade Pública de Cabo Verde, que foi a anfitriã e cujo futuro só pode ser encarado na perspectiva de um funcionamento em rede.
Para além dos debates sobre a constituição das redes e de um interessante programa cultural associado ao evento, a língua portuguesa mereceu lugar de destaque tendo sido objecto de uma sessão específica onde foram debatidos os mais candentes problemas relacionados com os aspectos técnicos da língua e suas relações com crioulos e outras variantes, bem como a sua aprendizagem, muito deficiente nos países com maiores carências.
O Português é hoje falado por mais de duzentos milhões de pessoas, uma parte substancial das quais o não tem como língua mãe, o que constitui um desafio adicional no seu processo de desenvolvimento.
Em comunicação apresentada em conjunto com Maria Antónia Barreto defendemos a urgência de ser lançado um amplo programa de formação de professores nos países africanos e reforçadas todas as estruturas ligadas à aprendizagem e difusão do Português.