domingo, 15 de julho de 2007

Um novo paradigma escolar

Toda a discussão acerca da ineficácia do nosso sistema de ensino gira em torno de soluções internas ao sistema educativo.
A realidade é que a sociedade mudou, a forma como as crianças são educadas pelas famílias modificou-se radicalmente, mas a Escola não consegue acompanhar o passo das restantes tranformações.
O drama pedagógico que atormenta os professores é a ausência de soluções para os novos problemas que todos os dias os alunos lhes colocam, sejam de natureza metodológica, sejam de comportamento. E é aqui que reside o essencial da questão.
A propósito disto lembrei-me desta citação de um dos gurús da liderança.

"O modo de pensar que conduziu ao êxito no passado não nos levará ao êxito no futuro."
Ken Blanchard


Agora quer-se endossar a responsabilidade do falhanço do sistema aos professores, que também terão a sua culpa, mas que não são, muito longe disso, os principais responsáveis.
A resposta está num novo paradigma escolar, não nas soluções pedagógicas e organizativas do passado. E isto compete aos responsáveis políticos definir, pelo que devem ser os primeiros a assumir os maus resultados escolares e deixarem de querer, cinicamente, assacar responsabilidades apenas aos professores.