terça-feira, 25 de setembro de 2007

Ainda os serviços de saúde

Mandei um mail ao meu médico de família, por acaso director da Unidade de Saúde Familiar, a dar-lhe conta da ocorrência, mas nem resposta. Os serviços de saúde são quase como os de justiça, não passam cavaco aos cidadãos.
Ainda marquei consulta num médico privado, mas alguém me lembrou, e bem, de um hospital privado que tem várias convenções com a ADSE, de que sou beneficiário.
Para meu espanto, marcaram-me uma consulta de um dia para o outro e cobraram-me apenas 3.49€ (três euros e quarenta e nove cêntimos). Como a hora da consulta se atrasou "deixaram-me" ir à minha vida e telefonaram-me quando a minha vez estava a chegar. O médico atendeu-me de forma cuidada, demoradamente e com uma simpatia inexcedível.
Fiquei atónito, pois estava à espera de um daqueles médicos típicos dos SAP, mal dispostos, mal educados e que quase faziam "os serviços mínimos" por favor.
Afinal há soluções. Se isto funciona nos privados por que raio não funciona no público?