domingo, 9 de setembro de 2007

Leiria e o Pólis

Embora com atraso, um comentário sobre o assunto. Como se esperava, a inauguração do Pólis, que por acaso ainda não está concluído, foi de consagração para a Presidente da Câmara. Como ela uma vez disse "tudo lhe cai do Céu", cito de memória. Imaginem que Sócrates não tinha lançado o Pólis. Qual seria o legado de Isabel para a cidade e o concelho? Assim já ganhou um lugar de relevo na história do concelho, em especial da cidade, que está diferente e onde cada vez dá mais gosto viver.
Por qualquer fenómeno que releva do mais puro esoterismo, ninguém associa os méritos do Pólis à governação do PS, mas aos dotes políticos de Isabel. Quem sempre capitalizou esta intervenção foi o PSD, embora tenha sido o PS o partido que mais apoiou o desenvolvimento da cidade e do concelho.
Sócrates e Isabel trocaram elogios, segundo a comunicação social, e fizeram bem, sempre gostaram um do outro e sempre sentiram que juntos podiam fazer muito.
Foi talvez por isso que os quatro veradores do PS faltaram todos a uma reunião da Câmara. Estavam de férias e preferiram gozá-las a virem passar umas horas a decidir minudências. Assim, como assim, se ninguém se lembrou deles no momento da festa, quem se importa se faltam às reuniões?