quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Finalmente aeroporto+ponte

Não é a Portela mais um, mas aeroporto+ponte. Com o dinheiro que se poupa no aeroporto dá-se uma entrada para a ponte. Lixados mesmo devem estar aqueles otários que andaram a comprar tudo que era terreno na zona da Ota para ganharem mais valias chorudas. Mas desses não reza a estória.
O ministro Lino é um homem de convicções. Ontem era a Ota, hoje Alcochete. O entusiasmo não mudou. Ontem o deserto, hoje o oásis. Gosto de pessoas de convicções e Mário Lino é um exemplo.
Qual demissão, este ministro merece uma promoção porque, como diria Churchill, "só não muda de ideias, quem não tem ideias para mudar".
Ora Lino não só tem ideias, como as defende com vigor, e o facto de serem contraditórias é um pormenor sem qualquer importância, já que o esencial está lá. Grave seria o Mário defender ontem um aeroporto e hoje uma ponte, mas como toda a gente viu ele não só continua fiel ao aeroporto como ainda nos dá uma ponte, quase de borla...
Lino é um Pai Natal serôdio, melhor, para o Governo o Natal continua, ontem tinha sido o referendo, hoje Alcochete, ontem as reformas milionárias dos pensionistas, hoje uma ponte. E ainda há gente descontente com o Governo. Este Portugueses não têm emenda, sempre com a língua afiada.