quarta-feira, 23 de abril de 2008

Agregação de agrupamentos

DecretoLei n.º 75/2008, de 22 de Abril de 2008

Artigo 7.º

Agregação de agrupamentos

Para fins específicos, designadamente para efeitos da
organização da gestão do currículo e de programas, da avaliação
da aprendizagem, da orientação e acompanhamento
dos alunos, da avaliação, formação e desenvolvimento
profissional do pessoal docente, pode a administração
educativa, por sua iniciativa ou sob proposta dos agrupamentos
de escolas e escolas não agrupadas, constituir
unidades administrativas de maior dimensão por agregação
de agrupamentos de escolas e escolas não agrupadas.
Aqui está uma parte da solução que defendo - unidades de gestão integrada de base concelhia - pena é que o governo tenha sido tão tímido e aquilo que devia ser a regra seja apenas a excepção. Se esta solução fosse generalizada teríamos uma revolução equivalente à que ocorreu com a criação dos agrupamentos e estaríamos no caminho certo para mudar a face da administração educativa. Só isto não chega, mas já seria um grande passo.