domingo, 20 de abril de 2008

Caius Julius Lacer

É sempre uma enorme emoção poder contemplar um monumento grandioso e que dezoito séculos depois de ter sido construído ainda continua a desempenhar a sua função de ligar as margens do poderoso Tejo e deixar passar pessoas e bens.
O mundo mudou muito desde então, mas a ponte de Alcántara lá continua sólida e esbelta sem que as águas do rio lhe provoquem mossa.
Por isso a minha modesta homenagem ao ilustre arquitecto Caius Julius Lacer que, como ele próprio escreveu, construiu "uma ponte para todos os séculos".
Ver mais em: