terça-feira, 22 de abril de 2008

Aí está o novo modelo de gestão

Foi hoje publicado o Decreto-Lei n.º 75/2008, de 22 de Abril, que "aprova o regime de autonomia administração e gestão dos estabelecimentos públicos da educação pré-escolar e dos ensinos básico e secundário".
É uma nova página que se inicia e uma mudança de paradigma das direcções colegiais, herança da revolução de 74, para o órgão unipessoal - director. Este é apenas um aspecto simbólico porquanto é toda uma filosofia de gestão e de organização das escolas que agora começa a mudar.
Fica a referência e mais tarde voltaremos ao assunto com uma apreciação crítica.
Infelizmente continua-se a deixar a gestão das escolas atomizada e não se avançou para o que seria uma verdadeira revolução no sistema se se tivessem criado já unidades de gestão de base territorial concelhia. É certo que 40% do país já dispõe de agrupamentos de escolas concelhios, mas devia-se ter aproveitado o momento para tornar regra a gestão integrada de todas as estruturas escolares estatais em cada concelho, independentemente do seu nível.