domingo, 25 de maio de 2008

Foi você que falou em autonomia?

O ME diz-se apostado em avançar com os contratos de autonomia. Existem umas comissões de acompanhamento do processo, uma para cada escola. Algumas escolas, simpaticamente, convidaram-me para fazer parte das suas comissões de acompanhamento, o que muito me honrou.
Um dia destes recebi um convite da DREC para uma reunião, assim de um dia para o outro, como se não tivesse mais nada para fazer. Não pude comparecer pois já tinha outros compromissos inadiáveis.
Até hoje não sei o que lá de passou, mas sei duas coisas, a lei não está a ser cumprida quanto aos requisitos de funcionamento das ditas comissões e ninguém pensou quem suporta as despesas com a participação dos vários membros nessas reuniões. Estão a ver um sujeito fazer centenas de quilómetros, por exemplo, mais almoços, jantares, eventualmente dormida, e pagar tudo do seu bolso?
Pois é, a autonomia custa dinheiro, mas pelos vistos ninguém pensou no assunto. Diz-se que há assessores no ME pagos a peso de ouro, mas para se participar nas reuniões das comissões de autonomia se calhar estão a pensar que cada um paga as suas despesas. Ou será que só lá querem alguns? Os que fazem os fretes ao ME e são pagos por isso?