domingo, 27 de julho de 2008

Casamentos homossexuais e adopções

Em Portugal, o casamento civil é um contrato celebrado entre duas pessoas, de sexos diferentes, que implica um determinado conjunto de direitos e deveres mutuamente aceites.
Naturalmente que um casal pode ser adoptante de crianças, mediante determinados requisitos, independentemente da forma como vive e regula a sua relação afectiva e material.
Tudo indica que num futuro próximo o casamento, nesta perspectiva civil contratual, seja estendido aos homossexuais e que o direito de adopção também lhes não seja negado. Ou será preferível manter as crianças institucionalizadas, quando podem ser adoptadas por casais legalmente constituídos?