terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Voluntariado

O voluntariado docente é uma prática muito comum pelo mundo fora. A ideia do ME seria de saudar, e uso o condicional pois não é este o tempo nem é este o governo de quem se possa aceitar uma tal proposta.
Como todos sabem, este governo não tem os professores em grande conta e tudo tem feito para mandar embora os mais experientes.
A que propósito voltariam agora à escola? Só se fossem masoquistas.
O voluntariado é uma prática nobre mas como não é com vinagre que se apanham moscas, a proposta é deslocada, está fora de tempo e é quase uma provocação vinda de quem vem.
Mas, para além da ideia, fica a demonstração da mentalidade normativa de quem dirige o ME. Até o voluntariado tem de ser regulado mesmo nos mais ínfimos pormenores. Na sanha regulamentadora e avaliadora que agora faz escola, nao faltava mais nada a não ser um concurso para voluntários e a consequente auto-avaliação. Safa! como dizia Cavaco Silva nos bons velhos tempos do Cavaquistão.
Já agora, onde é que fica a autonomia das escolas?