terça-feira, 22 de setembro de 2009

Ensino Profissional

Hoje estive no Fundão num encontro inserido nas comemorações dos vinte anos do Ensino Profissional. Esteve também o Prof. Joaqum de Azevedo, um dos responsáveis pelo seu lançamento, quando era Ministro Roberto Carneiro.
A mobilização das comunidades locais e a autonomia das escolas são duas ideias base deste modelo que conseguiu afirmar-se apesar de nem sempre apoiado como se justificava.
Ao completar duas décadas de existência, atingiu a maioridade, é uma formação credível e tão relevante que foi estendida às secundárias estatais.
O grande desafio para estas é serem capazes de fazer tão bem ou melhor que as suas precursoras.
Uma palavra de solidariedade para o João Santos Costa, uma das referências da escola Profissional do Fundão, actualmente a lutar com uma doença grave.