segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Planeta em perigo

Pela primeira vez na história da Humanidade, como consequência da industrialização, está ameaçado o equilíbrio do próprio planeta Terra e as alterações climáticas afectam, crescentemente, o equilíbrio ecológico, com consequências imprevisíveis.
O que está em causa é o modelo de desenvolvimento pós-industrial e as suas nefastas sequelas, e a necessidade, imperiosa, de agir no sentido de encontrar novos formas de organização das sociedades, utilizando energias limpas e adoptando formas de produção não poluentes.
Portugal é, nesta matéria, um bom exemplo, e chega à cimeira de Copenhaga na linha da frente, graças à prioridade concedida à utilização das energias renováveis e ao compromisso com a utilização de uma nova geração de automóveis menos poluentes.