segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Renascer com o Natal

Comemorar o Natal tem múltiplos significados, tantos quantos cada um lhe quer dar. Da tradição religiosa à loucura consumista, há para todos os gostos, embora o sentido de festa de família permaneça como marca indelével.
Indiscutível é o facto de a celebração estar associada ao nascimento, ao mistério da vida, que a ciência descodifica, mas não explica.
A essência do Natal, que procede de muito antes do nascimento de Cristo, é isso mesmo, um hino à vida, uma expressão de louvor pelo nascimento de um novo ser, um momento de celebração colectiva pela renovação das gerações, sem a qual as comunidades estiolam e definham. Em cada Natal, é o futuro que renasce.