domingo, 6 de dezembro de 2009

Uma aventura no Ministério da Educação

Depois de uma ministra socióloga, que sonhou construir uma escola à medida dos seus desígnios, temos uma ministra escritora que bem pode dar à estampa mais uma aventura, desta vez no Ministério da Educação.
O enredo já está delineado e a avaliação dos professores vai ser o centro da acção. O suspense está no ar. Suspende? Não suspende. Mas mesmo sem suspender, suspende. Confuso? Não, é apenas a poeira atirada aos olhos dos que teimam em mantê-los abertos.
A saga da carreira e da avaliação ainda está para durar, e até parece que estes são os temas centrais da política educativa. Entretanto, os professores vão ardendo em lume brando.