quinta-feira, 13 de maio de 2010

A serpente e o pirilampo

Era uma vez uma serpente e um pirilampo que viviam numa floresta longínqua. Um dia a serpente começou a perseguir o pirilampo. Este percebeu que a serpente o queria devorar e fugiu enquanto pôde.
Ao fim de três dias, cansado e já sem esperança de se salvar, parou e pediu à serpente que lhe concedesse a graça de lhe deixar fazer três perguntas. Magnânima, esta acedeu.
Então o pirilampo perguntou-lhe: “Faço parte da tua cadeia alimentar?”. “Não”, respondeu a serpente. “Mas vais comer-me?” “Claro!”. “Porquê?”, insistiu o pirilampo. “Porque o teu brilho me incomoda!”, respondeu-lhe a serpente. Moral da história, cuidado com as serpentes, mesmo que não seja um pirilampo.