quinta-feira, 12 de agosto de 2010

A galáxia do futebol

Por estes dias, entre os Santos Populares e o Campeonato do Mundo de Futebol, o país tenta esquecer a crise, o desemprego, o aumento de impostos, as ameaças de recurso ao FMI, enfim, tudo aquilo que transformou em pesadelo o que já não era um sonho cor-de-rosa.
A vuvuzela é o melhor símbolo de um tempo em que importa mais o ruído do que o silêncio, as emoções mais do que a razão, o prazer do efémero mais do que a conquista do futuro.
Os craques da bola e a indústria do futebol abrem o parêntesis possível nestes dias de chumbo, Ronaldo subiu ao Olimpo ao contracenar com Mr. Simpson e os portugueses sonham em Inglês com uma vitória que resgate a bandeira esquecida e o tesouro arruinado.